Tuesday, January 17, 2006

Inveja dos homens

Completamente fudida. Fudida e com raiva, porque uma mulher não deve usar termos chulos em textos. Eu me sinto culpada cada vez que escrevo um palavrão, mas tenho muita inveja dos homens, porque eles podem ser baixos e vulgares, e é até glamuroso que eles sejam assim. É charmoso ser homem e ser underground, enquanto que as mulheres devem ser sempre anjos caídos, virgens inatingíveis, puras, preciosas. Só que eu não sou preciosa, nem pura, nem um anjo caído, eu sou da pior espécie de humano passível de existência, e tenho que controlar os meus impulsos vãos em nome dos costumes.

Estou fudida. Preciso fazer alguma coisa da minha vida com urgência, antes que o piloto automático se estabeleça de forma irreversível, e eu fique presa nos dias confortáveis e iguais. Mas, afinal, o que é mais válido? Uma felicidade tranqüila ou uma mente inquieta?

Gostava de dizer que, já que temos apenas uma vida, qualquer decisão que tomamos é a correta. É bom pensar dessa maneira, mas já não tenho tanta certeza se o que eu dizia faz sentido.

Tudo isso é culpa do Mirisola e do menino do fotolog. Foram eles que fizeram a história toda voltar à tona...

2 comments:

Baxt said...

?????????????

bruna paixão said...

Tem razão, nada faz sentido nessa porcaria de texto. A explicação pode estar no próximo texto, ou então não tem explicação mesmo... E deixa pra lá, porque blog é cultura fast food: a gente lê, gosta ou não, e depois passa pro próximo :)