Tuesday, February 12, 2008

Brincando de casinha

Em fevereiro, as minhas olheiras andam um pouco mais profundas do que o habitual. Durmo tarde todos os dias, porque o Japanimatrix dorme tarde, e acordo cedo (antes das 11h é cedo, certo?) porque tenho que trabalhar. Entre a hora que acordo e a hora que vou dormir, faço compras no supermercado dos sucos que ele gosta, preparo cahorros-quente absolutamente sem graças no jantar, tento arrumar o quarto que insiste em permanecer uma zona completa e lavo louças e mais louças e mais louças.

E penso que em março eu vou sentir muita falta dele me abraçando de manhã como se seus braços fossem de borracha, do ar condicionado exageradamente gelado, do laptop dele na cadeira e do meu na mesinha do quarto, da frustração de baixar filmes raros por dias e depois descobrir que eles estão dublados em francês, da negociação dos programas de fim de semana (eu, que tenho três festas pro mesmo dia e sempre quero ir em todas), dos almoços em que chutamos o balde e gastamos aos montes, das conversas intermináveis madrugada adentro ("olha só, tá amanhecendo") e de tantas outras baboseiras que não interessam a mais ninguém a não ser a nós dois.

Eu sei, é meloso demais. Já escrevi uns quatro testimonials pro Japanimatrix no orkut, e apaguei porque fiquei com vergonha de ser tão mela-cueda. Mas fazer o quê, né? A breguice faz parte disso tudo.

2 comments:

Massashi Hosono said...

Te amo... :)

Kamille said...

Brega ou não, o amor é lindo :)