Monday, January 28, 2008

Liberdade, Liberdade

Talvez o lugar que eu mais goste em São Paulo seja o bairro da Liberdade. Nem sempre consigo passear por lá, mas quando vou, é satisfação garantida. Como boa turista, adoro as luminárias japonesas na rua. Me encanto com aqueles restaurantes que se escondem em portinhas despretenciosas. Gasto todo o meu suado salário em quinquilharias e balas da terra do sol nascente. Como sushi. Como tempura. Como shiitake. Como muito.

E bebo saquê, é claro.

Dessa vez, fui com o Japanimation me guiando pelas ruas orientais. Era festa de ano novo chinês, e as pessoas usavam aquele chapéu que parece uma casinha de madeira (que, que eu saiba, é do Vietnã, mas tudo bem). Enquanto almoçava muitos suhis e sashimis variados, vi um leão chinês passando pela rua, carregando aquela cabeçorra da fantasia debaixo do braço. O Japanimation me mostrava vários tipos de temperos orientais, e explicava qual era o nome deles e pra que eles serviam. E eu fotografava as embalagens coloridas e carregava a minha sacola cheia de compras absolutamente desnecessárias mas que, como sempre, me divertiram.

"Sábado foi um dia colorido", ele disse pra mim, mais tarde.
Até mesmo as tardes cinzentas de São Paulo ficam mais alegres quando se passeia pela Liberdade.

3 comments:

Massashi Hosono said...

Esqueceu do Lambrusco de domingo... hehehe ;)

Baxt said...

hey, agora o moco tem nome e blog! (sim, eu segui o link do comentario que ele deixou nesse post, como nao?) O Hiro adorou a novidade de saber que vc tambem entrou pro clube. E tou feliz de ver que vc esta feliz!

Gabriela said...

Voltei :)