Thursday, July 12, 2007

Um ano faz diferença

Semana passada foi aniversário de uma amiga das antigas. Essa amiga já foi citada nesse blog, no post sobre os bastidores de um casório e em tantos outros menos importantes. Todos os anos ela faz uma pequena festa em sua casa, convida as mesmas pessoas de sempre, e geralmente nós enchemos a cara e saímos de lá com o sol raiando. Há pelo menos dez anos é assim.

Bom, costumava ser assim. No última festa aconteceu uma coisa bizarra: nossos comportamentos mudaram. Minha amiga, já casada e com o marido viajando, obviamente não participa mais dos programas adolescentes que o resto de nós insiste em desfrutar. Isso não é de se surpreender. O que me impressiona é que os outros membros do seleto grupo de amigos já não são mais os mesmos.

Dessa vez não bebemos um monte de vinho que deixa o dente preto. Ao invés disso, alguns optaram pelo whisky, outros (como eu), pela coca, e outros pela cerveja. As garrafas de vinho, compradas com muito esmero pela mãe da aniversariante, jaziam esquecidas sobre o balcão do bar. Um ou outro, de vez em nunca, levantava e se servia de um copo. Mas eu posso garantir que dessa vez sobrou muita bebida na festa.

E quanto aos papos? No ano passado, falamos de sexo e ligamos o som paraibinha nas alturas, conversando mais alto que a música e, por vezes, dançando no gramado. Em um determinado momento, enquanto discutíamos assuntos cabeludíssimos como drogas e (mais) sexo, a avó da minha amiga sinalizou que ainda estava acordada. Baixamos o volume e continuamos a desfiar besteiras noite adentro, gravando cenas inesquecíveis que nunca foram parar no Youtube. Foi realmente uma noite memorável.

Nesse ano, passamos por temas polêmicos. Começamos uma discussão sobre pagar ou não propina pro guarda de trânsito, sobre fazer ou não gatos da Net e sobre usar ou não carteirinha de estudante falsificada. Quando a discussão começava a ficar muito intensa, alguém gritava: "boquete!", porque esse é um recurso usado pelos menos amigos. Quando vai dar briga, direcionamos o assunto para sexo (de novo). Só que a situação estava tão séria que ninguém se importou muito com os gritos de "boquete!", e seguimos adiante com mais discussões profundas.

Ningém dançou, ninguém estava a fim de dançar. Mas o papo seguia em frente, rumo a temas adultos. O incrível de tudo isso é que não foi uma festa chata, muito pelo contrário. Mas não se via vestígio do fogo pós-adolescente do ano passado.

Fiquei imaginando que, em pouco tempo, chegaremos na casa da Lu com nossos filhos a tiracolo. Colocaremos os pirralhos em um dos quartos da casa, onde eles assistirão A Pequena Sereia, ou outro clássico da Disney da nossa época. Quando tivermos certeza de que eles estejam dormindo, vamos começar a gritar "boquete!"

Acho que, no final, a gente não vai mudar. Mesmo que tenhamos que passar do tema propinas para o tema sexo (novamente) em um piscar de olhos.

6 comments:

Baxt said...

Bruninha, definitivamente eu sou velha há muito tempo. Adoro sair para conversar e conversar e conversar. Sem musica alta.

Mas a parte de me entupir de vinho que deixa o dente preto ou bebidas baratas em geral eu ainda não superei.

Anonymous said...

Bruna,

Apenas para dizer que estou vindo aqui as vezes.
Estou longe do outro lado do oceano mas isso nao faz com que eu esqueça você e seu blog.
Saudades das nossas conversas no msn...
Não esqueci o jantar invertido viu?
Só não sei em que País vai acontecer...
Continua escrevendo!
Tudo de bom e um beijo enrome.
Descobriu quem sou?
Aposto que sim...

Anonymous said...

Calma, calma não era uma comemoração de 30 anos... Não se surpreenda se esta ocasião se tornar uma tentativa desesperada de virar debutante (novamente. E o segundo ponto positivo é que sobrar muita bebida da margem a outras reuniões, um tipo de enterro dos ossos.

bruna paixão said...

O jantar invertido ainda vai rolar. Tenho fé!
Que bom saber que você tá por perto... Também sinto falta das nossas conversas, mas faz tempo que não entro no msn.
agora tudo vai mudar pq já tenho internet em casa!
e quando vc quiser visitar o Rio, tem lugar lá também :)
beijoooo

Baxt said...

OFF TOPIC: Festa de debutante!!!! Agora vc me deixou obcecada, eu quero uma festa de debutante no meu aniversario de 30 anos!!!! Com vestido branco e valsa, hahaha!!!!

KK said...

Ah Bruna mas teve o momento Amazing Amanda sendo atacada pelo pitbull robô!!!! Nem tudo está perdido!!!