Tuesday, June 03, 2008

Sempre uma grande diversão

Foi culpa da Bárbara eu ter desenterrado o meu DVD de Crepúsculo dos Deuses, comprado nas Lojas Americanas por uns R$12, para assistir pela décima primeira vez. Nessa última sessão eu tinha o Japanimation ao lado, que nunca havia assistido antes, e eu praticamente já estava estragando tudo pra ele, de tanto que falava que era incrível. Eu tenho esse dom: quando me apaixono por um filme, uma música ou um livro falo tanto deles pros outros que crio uma expectativa absurda e, inevitavelmente, os amigos não acham minhas sugestões tão incríveis assim. E eu tinha medo de ter feito o mesmo com o Japa.

Mas nem mesmo minha língua maior que a boca é capaz de estragar esse filme. Crepúsculo dos Deuses é uma daquelas obras que todos os professores de cinema da minha faculdade diziam ser filmografia básica. Mesmo assim, demorei a ver. Lembro que uma vez aluguei na locadora, levei pra casa junto com outros filmes e, quando fui assitir, não soube settar o DVD pra ver sem notas. Juro por deus: devolvi o disquinho sem saber do que se tratava, roxa de curiosidade e de vergonha por não ter resolvido uma questão tão primária.

Hoje tenho na cortiça do meu quarto (esse é um hábito adolescente que nunca consegui me desfazer, o de ter um quadro de cortiça no quarto) uma lista de 100 filmes que são obrigação na vida de qualquer ser humano. Ganhei a lista no curso de assistência de direção. Confesso que me dá uma certa angústia ler aquela lista e descobrir que vi muito pouco dos 100 títulos listados. Dá a impressão de que nunca vou conseguir terminar esta tarefa, ainda mais porque a lista inevitavelmente aumenta e se transforma a cada estréia de sexta-feira.

Faz duas semanas que não vou ao cinema. Me sinto um pouco menos inteligente, confesso. Ou melhor: me sinto menos atualizada. Não vi Indiana Jones, e todo mundo só fala de Indiana Jones. Eu fico quieta. Sem graça de admitir que faz duas semanas que não vou ao cinema. Que tenho visto muito Seinfeld, muito Lost, muita Ugly Betty e todas essas coisas que eu adoro ver e que o Japanimation baixa pra mim.

2 comments:

Massashi Hosono said...

Não se sinta assim não!! O melhor da safra a gente já viu mesmo. No mais é melhor ver os antigos no DVD e esperar a próxima. Ahh... e me falaram que o Indiana Jones é uma merda.

Aichego said...

Oi Oi de novo.

Pois é. O crepusculo dos Deuses é de arrepiar.
Esse é um top top da lista dos melhores dos melhores.
Tudo de bom.

MAs é foda. Eu também não vi metade dos filmes que deveria e fico me martirizando horrores. MAs um dia eu consigo. Aluguei ontem o "Bonequinha de Luxo". Menos um para a lista.

ps: pouca coisa boa passando. E indiana jones ficouo na infância. Não entendo porque um ser humano adulto sairia de casa e gastaria seus tstões vendo isso. Sou mais o incrível Hulk! que pelo menos tem o gatíssimo Eduard Norton, né?

e haja tostões.