Monday, February 20, 2006

Stones no Rio - Eu fui!

Até os primeiros acordes dos Stones, o que me passava pela cabeça era: "Será que eu fico aqui? Será que eu vou pra casa? Neste momento o metrô deve estar vazio... Será que eu aproveito essa deixa?"
Todas estas questões existenciais se dissiparam nas primeiras notas de Jumpin' Jack Flash. Gente, o que eu posso fazer? Sou fã de Rolling Stones, não sou VIP e sei que outra oportunidade de ver os caras ao vivo iria ser muito difícil, dado que eu moro no Brasil e eles já têm mais de 60. Eu tinha que aproveitar de algum jeito.

Destaco os seguintes momentos:
* "Out off my cloud", música da década de 60 que quase ninguém conhecia mas que me fez ir ao delírio.
* A cover do Ray Charles, bluesíssima, linda, linda.
* "You can't always get what you want" no bizz, inacreditável, maravilhosa e tocada, graças a deus, ANTES de Satisfaction (quando a guitarrinha do hit começou, eu já estava pegando o meu rumo pra casa).
* VIPs levando coró do povão.
* Senhoras de 60 anos na minha frente dançando animadíssimas.
* Adolescentes que se pegaram, trocaram dois beijos sem mão no peito ou na bunda (eu observei) e depois se despediram.
* Medo de pegar o metrô na volta pra casa e caminhada até o Túnel Velho de Botafogo, onde fui resgatada pelo meu namorado-herói - que, por sinal, não me acompanhou ao show. "Ele é que tem juízo", declarou o meu pai.
* Medo dos hippies sujos que lotaram Copacabana, em rodinhas de violão, levando um Raul Seixas.
* Só turistas, por todos os lados, dando a impressão de que os cariocas tinham viajado pra Búzios. Me senti como aqueles turistas que vão a NY no reveillon e ficam morrendo de frio no Times Square, vendo a tal da maçã descendo em um frio de alguns graus negativos, enquanto que os newyorkers se animam em outros cantos da cidade.
*Quem foi que inventou a história da blusa "Stones no Rio - eu fui!"? Tipo assim, é isso mesmo?
* O povo só conhecia Satisfaction, Start me up, Sympathy for the Devil - e mesmo assim, a animação na areia foi contagiante.

E a raivinha de quem tinha blusa de VIP? Eu sou um ser rastejante, o pior de todos os seres, e dei um discreto sorriso quando vi uma perua de salto agulha levando um tropeção na calçada irregular da Princesinha da Praia. Foi minha vingança de plebe.

2 comments:

Wanderson said...

Nooossa Bruna!! Não acredito que te reencontrei.. ehe he. Te acompanho desde a nota no Ibest como um dos melhores blogs: "Observações...". Daí, de um dia pro outro saiu, fiquei só com o seu fotolog... Talvez seja uma tendência dos leitores de blogs, mas não me importo: me identifico demais com seus textos, pensamentos, visão... Um beijo grande! Sucesso nessa fasezinha "in"... beijo!

bruna paixão said...

hehehhe que ótimo! Adoro a galera antiga que retorna à casa...
Beijo pra vc tb, Wanderson!