Sunday, November 04, 2007

Paineiras

Enquanto sinto o ar mais fresco nas minhas bochechas, vou suando morro acima. No caminho, um muro de pedra para fazer rapel, o Cristo bem pertinho, bicicleta e skate, vai mais devagar que você anda muito rápido, assim as minhas coxas ficam doídas o resto da semana, aqui tem uma vista boa da Lagoa, repara só como essa árvore caiu mas ainda está viva (vai viver assim ainda por muitos e muitos anos), fila pra entrar embaixo do cano, água gelada que aperta o peito e tira o fôlego, não quis sair ontem porque queria ouvir Nouvelle Vague aqui em cima, as mulheres contam para as amigas sua vida sexual com detalhes, tá falando sério?, suas bochechas são musculosas, deve ser porque eu vivo rindo que nem boba, vocês vão subir pro Cristo?, vocês querem uma van?, do you want a car?, vontade de comer arroz com brócolis e lula, eu prefiro mesa de ferro e cerveja de garrafa e piadas masculinas a mesa de restaurante japonês cheio de mulheres, tá falando sério?, se quiser eu dirijo pra você curtir a vista, você tem cara de alemã, tenho?, por que você não me chamou antes?, não conheço mais ninguém que goste de passear aqui, meus amigos só saem à noite, to virando eremita - mas pelo menos o iPod tá sempre comigo, já viu que louco esse bicho aqui?, tomara que ele não venha pousar em mim, acho que to virando hippie, mas hoje à noite tem festa de eletrônico, né? Tem... Sempre tem.

3 comments:

Aichego said...

Eu sou pior. sou do tipo que não sai a noite e acorda às 6, 7, 8 da manha só para curtir o dia inteiro. Mas curtir de verdade, de subiro pao de açucar pelo costao e sair depois para a praia e voltar para casa, arrasada, depois de um banho de chuva. Cair na cama às 10h da noite pq no dia seguinte tem floresta da tijuca, escalada e banho de cachoeira com a namorada...

Timoty Larry said...

Gostei da narrativa. A outra das Paineiras tb ficou jóia. Vou passar a cobrar royalties por servir como vetor criativo. :)

Anonymous said...

esse teu texto é irresistível!
victorandres