Wednesday, September 19, 2007

Ex-fumante com data marcada

Paro de fumar no dia 23 de setembro. Toda vez que falo isso, meus amigos me olham de lado e soltam aquele risinho zombateiro, de descrença, sabe como é? Nós, os fumantes que planejam parar de fumar, somos alvos de todo tipo de dúvida da sociedade. Somos uma categoria que sofre com o preconceito geral: o dos fumantes que não pensam em largar seu vício, o dos fumantes que tentaram inúmeras vezes ficar longe da nicotina e desistiram da empreitada (por hora) e o dos antitabagistas convictos. Ou seja: todos estão contra nós, e nós estamos contra nós. Porque dentro do nosso grupo, ninguém leva fé nos outros. Uma eterna guerra, contra tudo e contra todos.

Mas eu já estou convencida de que tenho que parar de fumar. Há muitos e muitos anos, quando eu comecei com o cigarrinho malvado na minha vida, dizia a todos que aos 30 seria dado o adeus a este delicioso e fedorento troço. Só que, naquela época, os 30 anos eram uma época distante, mítica, em que eu supostamente já estaria casada, grávida do primeiro filho e ganhando o triplo do que ganho atualmente.
Ah, que delícia é ser adolescente e imaginar a vida aos 30...

Nada do que se supunha foi configurado. No entanto, mantenho a minha promessa, a única que depende única e exclusivamente da minha força de vontade direta. É só eu querer que pronto, parei. Como em um passe de mágica. Então, vambora, né. Chega de empurrar com a barriga.

Enquanto isso, fico me deliciando com as últimas doses do bastãozinho do prazer (soou erótico, ou foi impressão minha?). Fumo cigarros dirigindo, com a janela aberta, curtindo o ventinho. Fumo em frente ao computador, enquanto converso na internet. Fumo na hora de esticar as pernas para o cafezinho de 9h às 18h. Fumo quando assisto Seinfeld. E, claro, fumo quando encontro os amigos pra um chopinho.
Ai, como é bom fumar.

Mas pra mim, já deu. Por isso eu digo tchau. Se ninguém acredita, só lamento.
E acendo mais um cigarro brindando a isso.

3 comments:

danielog said...

eu chamo dos "canudinhos da morte".
vou torcer por sua rehabilitação,
tenho fé em seu potencial.
assim como eu gradualmente me livro
do meu vício (a carencia depressiva)
acredito que vc também pode se livrar
desse.
vai bruna!

Anonymous said...

o darci ribeiro teve cancer nos pulmões e falou 'até pra isso eu sou exagerado,tinha q ser nos dois... mas quem pode fumar fume pq um cigarrinho é muito bom'
e o mark twain, acho,'parar de fumar é fácil, eu mesmo já parei centenas de vezes'...
cara, eu já parei e voltei rápido, em outras já fiquei bastante tempo, tipo mais de ano, sem fumar e na verdade acho q não quero parar mais não, mas fumo pouco agora,assim só aqueles saborosos, depois do café da manhã,se tomar chopp, uns 3 de noite, maluquice assim.

wgoonie said...

Adorei!!!!!!!!!!
Sei que encho o teu saco com isso, mas não é papo de ex-fumante não.
Estou vendo de perto os danos que o fumo traz à saúde e posso te dizer que são mesmo terríveis.
Encontre prazer em outras coisas mais saudáveis e menos nocivas (aposto que existem algumas ótimas e gratuitas... hmmmm... rsss)
bjo da japa.