Monday, August 07, 2006

O ano mais foda da minha vida

Uma vez fiz um mapa numerológico que falou que o melhor ano da minha vida seria nos meus 32 anos. Na verdade, não lembro bem se era nos 32 ou nos 34, mas com certeza era na casa dos 30. Naquela época eu era uma jovem de vinte e poucos, e achava que a casa dos trinta estava longe da minha realidade. Agora, como uma jovem de vinte e muitos, acho que o melhor ano da minha vida se aproxima perigosamente rápido.

Quer dizer, o que eu vou fazer depois que o melhor ano da minha vida passar? Vou pensar: "Ok, agora já foi, aproveitei enquanto durou. Agora vou relaxar porque nada vai bater esse ano"? Mas aí é meio chato, né, achar que você vai viver até os noventa, até os cem, que é o quanto eu quero viver - na verdade, imagino que ninguém ache que viveu o suficiente, mesmo que tenha batido a marca dos cem - e ter seu ano mais brilhante lá pelas trinta. E todos os outros anos, como é que ficam?

Por outro lado, eu meio que imagino o meu ano mais foda. Com certeza eu vou receber uma promoção ou conseguir um trabalho que pague muito melhor do que o meu do ano anterior. A julgar pela idade, estarei grávida da primeira ou segunda menina (na minha família só dá mulher, fazer o quê). A conta bancária vai bem e o casamento também, já que a gravidez é fruto direto do amor, entende?

Nossa, acabei de descobrir que o meu ano mais foda é o último capítulo de uma novela do Manoel Carlos. Bem que já disseram, e infelizmente não fui eu, que Deus é Janete Clair.

4 comments:

baxt said...

hahahaha!!! adorei. Fazer o que, a gente è classe media mesmo! Casamento, filhos, trabalho, um pouco de dinheiro e um pouco de paz de espirito.

Mas serà que tem algo mais a se desejar?

Sò se a gente entrasse numas de ganhar o Oscar ou o Nobel, mas eu nao pretendo entrar nessa nao.

Juliane said...

Oi Bruna! Muito bom esse post, realmente estranho pensar nos anos seguites ao "suposto" melhor ano da nossa vida hehe Adorei seus comentários no meu blog, tks... Pois é, vi a Lidi em Junho, foi legal! Qdo vc vem pra cá? Fui praí mês passado num bate-volta a trabalho, correria, nem fiz nada. Precisamos botar o papo em dia... tô com saudade! Bjos

maybe said...

hahahahahah... me arrancou risos, deus é janete clair! gente, o que é isso! quero ser madrinha hein? do casamento e dos filhos! saudades suas! beijos!

lui said...

é minha filha.. o melhor é agora!! acho que mais que janete clair, deus é james bond!!!! live it or leave it. um beijão!