Thursday, December 03, 2009

Sofá poliglota

Ontem chegou lá em casa uma menina de Cingapura,m que atende por um nome americano: Cristal. Ela vai passar uma semana dormindo no sofá da minha sala, e visitando pela segunda vez a cidade que, segundo ela, é o melhor lugar da América latina: o nosso Rio de Janeiro. Cristal está há um ano rodando pelo Brasil e pela América do Sul. Como tantos jovens estrangeiros, ela terminou o colégio, trabalhou uns seis meses pra juntar uma grana, e depois pôs a mochila nas costas. Quando ela voltar pra casa, ela vai procurar um emprego e começar uma faculdade.

Acho a tradição gringa de viajar durante um ano uma bela maneira de se despedir da vida adolescente e entrar na adulta. Toda a vida de Cristal nesse período se resume a uma mega mochila, uma outra mochila menor, e uma bolsa. Esse é todo o seu tesouro. E, vendo ela chegando lá em casa ontem, pronta pra sair pra rua mesmo depois de 10 horas de viagem de ônibus, dá pra imaginar que realmente não se precisa de muita coisa pra conhecer coisas e pessoas e lugares diferentes.

No Brasil, nosso primeiro grande sonho de viagem é conhecer a Disney. Nosso presente de 15 anos. Contei para um sueco que também dormiu no sofá da sala na semana passada (pois é, a rotatividade internacional é grande! Ainda bem que instalei um ventilador de teto, se não todos esses gringos iam passar um mega sufoco nas noites abafadas cariocas), que existe uma tradição brasileira quando se chega aos 15: ou você escolhe fazer uma grande festa, como um baile, um prom night, ou você viaja pra Disney.

Ele achou tão curiosa essa nossa história. "Mas por que a Disney", ele quis saber. E eu não sabia por quê. Minha irmã mais nova preferiu San Diego, mas minha irmã do meio e eu éramos malucas pra conhecer os parques do Mickey.

Mas nós, classe média brasileira, não temos o costume de encarar culturas e línguas completamente diferentes das nossas. E nem se pode falar de falta de dinheiro, porque essa galera que vem pra cá aos 20 e poucos também é duríssima, como são os jovens que estão começando a cair na vida real. Mas, então, por que eles podem e a gente não?

É claro que ser filho de uma moeda forte ajuda no start. Em qualquer empreguinho que se consegue, eles ganham em dólar e euro, o que facilita bastante. Mas eu acho que, mais do que a barreira econômica, existe um comodismo entre nós, que nos impede de juntar as coisas e encarar furadas.

A Cristal quase não viajou de avião durante esse ano de peregrinação. Foram horas e horas de ônibus, que ela aceitava na boa. Também não procurou grandes hotéis, nem partiu pra restaurantes muito caros. Pra se ter idéia, no Rio, o que ela gosta de fazer é ir pra Lapa: um programa barato e muito bom pros gringos, que acham aquela bagunça a coisa mais exótica do mundo.

A Cristal, com seus vinte e pouquinhos, conhece muito mais lugares da América do Sul do que eu. Com certeza ela conhece o Brasil bem mais. E olha que eu já viajei muito por aí gravando. Já fui em cada cidade inacreditável, que nem figura no mapa.
Mas ontem, quando ela me perguntou se eu conhecia as Cataratas de Iguaçu, tive que dizer que não.

10 comments:

Baxt said...

Bruna, isso nao eh so mania de molecada nao. Por aqui o povo quando enche o saco sai para espairecer por um ano e depois volta para a vida adulta e normal como se nada tivesse acontecido. Recentemente a gente comprou varios moveis de um designer que tinha resolvido que, como estava muito dificil arrumar trabalho com a crise, ele ia vender tudo, comprar um trailer (na verdade, uma ambulancia adaptada), pegar o cachorro e passar um ano na estrada. "Afinal, essa eh a ultima vez que eu vou poder fazer isso, eu ja estou com 42 anos," ele explicou. Depois de um ano, ele vai voltar pra Londres, montar outra casa e pronto. E isso aqui nao eh nada do outro mundo nao, muita gente faz isso, inclusive com filhos. Eh uma questao de desapego, mais do que qualquer outra coisa. Eu e Hiro temos planos de fazer isso um dia, quando os filhos puderem aproveitar o ano sabatico - vamos ver se rola.

bruna paixão said...

Acho incrível vc e o Hiro se jogarem na estrada, Barbarella! Vocês têm mais é que aproveitar essa possibilidade mesmo. Engraçado que aqui no Brasil a gente está sempre tão na luta pra conseguir trabalho, depois manter o trabalho, depois consgeuir aumento, etc, que com vinte e poucos anos, quando voltei ao Brasil depois da temporada em NY, eu me sentia velha. Eu pensava: tenho que arrumar um trabalho porque já tenho 20 e tal e estou desmepregada! Que pressão, né?
Aliás, quando a senhora chega no Rio?

Barbara said...

Bom, mas por outro lado o povo aqui eh obcecado em comprar casa e financiamento, talvez ate mais que no Brasil. Eu pessoalmente tenho medo de ir me prendendo e prendendo as coisas (principalmente quando essas coisas nao sao assim tao fantasticas), mas por outro lado ficar solto demais pode levar a muitos recomecos, o que tambem nao eh bacana. Eh complexo. Como sempre, nao sei de nada. Soh sei que chego no Rio dia 17 :)

Anonymous said...

Samsung galaxy s3 is the latest version of Android, a whopping 4.
Equipped with the latest 3rd generation
Intel Core series processors, a wide selection of ports, and up to 15 hours of real-world
battery life, the T430 is one of the best
business notebooks of 2012. Online retailers like Expansys, Clove and
Mobile - Fun have indicated that the white version of Samsung Galaxy Nexus will be
available within February next.

Anonymous said...

To make the things easier for you, it supports JPEG format and is compatible with
Mac and MS Window. A tripod or sturdy table is a must when holding any superzoom camera steady.
It helps capture images in challenging lighting conditions, with an exceptional low-light performance.


Feel free to surf to my blog post :: d7100

Anonymous said...

However, with a mobile phone, you will have to be acutely aware of your surroundings.
Altogether, one will find it easy to edit files, upload them and share them with others, as well as take either single images and look at
them for instant review on the 480 by 360
screen. You can convert more than hundred different types of currencies and will
be able to keep up with the currency rate changes.

Feel free to surf to my homepage ... samsung s4

Anonymous said...

But, with the most recent turn of events, the i - Phone 5
has made a landmark in the smartphone industry. Both the displays are
easily among the best, with the i - Phone 4 marginally leading the
way in terms of display quality and the Galaxy S winning
the size battle. It is entirely your choice to decide for
the deal package that attracts you the most and offer you the
maximum while making you invest the least.


Feel free to surf to my website - galaxy s4

Anonymous said...

Many homes have fireplaces for both warmth and decor.
If your gate changes at the airport, this app will alert you.
The devices must be hooked to a power source and be
connected to WI-FI for it to automatically back up.

Here is my site :: nest thermostat

Anonymous said...

It operates in conjunction with your i - Tunes account, or you can have
a number of other connections, based upon what you want to view.
When the Blu-ray is loaded to Blu-ray Ripper, you can select subtitles and audio track (English,
French, German, Spanish) for each chapter. In this day and age it is
impossible to stay on top of all the latest pieces of technology.


Check out my web-site: apple tv

Anonymous said...

Samsung mobiles in India have captured the entire mobile market by releasing stunning handsets.
But it is hard to hold it in one hand especially to female users.

When you finish with the app, most people just hit the Home button or
the back arrow button go to the main menu.

My weblog - samsung galaxy note 10.1